Adolescência

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Faixa B:                                De 10 anos até 19 anos

Equivalência:    ¾ SALÁRIO MÍNIMO

Este jovem adolescente, em regra geral, se encontra também em ambiente familiar contando com os pais que colaboram com seu sustento e compartilham abrigo. Entretanto, os jovens iniciam um processo de socialização com mais interatividade e independência que o o grupo anterior INFÂNCIA. Por esta razão, o jovem tem necessidades maiores de que uma criança e menores de que um adulto ou de que um idoso.

Fazendo uma avaliação empírica de necessidades básicas para que este indivícduo sobreviva ou viva dignamente na realidade BRASIL atual de 2018 o valor equivalente a 3/4 Salário Mínimo seria um valor real e necessário para este acionista.

Para fins de análise deste estudo este valor foi arredondado para R$ 750 o que equivaleria a B$ 750 na nova MOEDA cujo propósito é fazer a Economia funcionar e dar a todos os brasileiros os direitos e garantias que todos pactuaram ao assinar a Constituição.

Para avaliação do montante em comparação com o Ano de 2010 os valores equivalentes de R$ e B$ foram ajustados para R$ 375 ou B$ 375 que era o valor equivalente a 3/4 Salário Mínimo àquela época.

Em valores equiparados em 2010, o custo deste GRUPO para toda a sociedade BRASIL S.A. resultaria no montante em reais de R$ 153.709.339.500.

O discurso de que o Estado Brasileiro faz assistencialismo ou ainda que não tem recursos para atender as necessidades da Adolescência e tem obrigação legal de cuidar não teria mais aonde se abrigar, também.

Este valor no conjunto do Orçamento Geral da União está bem abaixo do valor planejado para execução das ações próprias do Estado/Empresa BRASIL S.A. e, sendo dispendido diretamente para cada um dos sócios acionistas permitiria que todos tivessem igual acesso a Educação, Saúde, Alimentação, Higiene, Vestuário e abrigo em suas famílias ou em locias de proteção da Infância e Adolescência.

O comparativo da realidade atual com a planejada para fins deste estudo será mais extensivamente abordada em ocasião posterior.

O termo criado para referenciar a parcela mensal a ser paga como Pro-Vita é uma analogia ao Pro-Labore que todos os sócios recebem mensalmente pelo seu esforço comum na sociedade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s