Fluxo de Criações

A ECONOMIA PARTICIPATIVA tem como objetivo primeiro permitir o funcionamento adequado da Economia como ciência e não como uma ideologia de capital ou social. Este estudo é uma demonstração de criatividade e de que a criatividade gera oportunidades.

A ativação de um MERCADO consumidor de mais de 209 milhões de indivíduos, a disponibilização de RENDA em MOEDA BITBEM (B$) em mais de B$ 3,5 trilhões de bens para trocas representa um TESOURO descoberto que compartilhado, irá permitir um acréscimo de RIQUEZA para a Nação e para TODOS que compartilha a identidade/sociedade na Empresa/Estado BRASIL S.A.

Desde a criação de uma obra de Arte, do desenvolvimento de ferramentas ou serviços disponibilizados para aproveitar o tempo, de e para terceiros, para tarefas novas que possibilitem ganhos de “HONORÁRIOS”, disponibilidade de se dedicar mais a tarefas coletivas, desempenho pessoal, criação de negócios, qualquer atividade que se dispuzer a empreender pode ser realizada pois há um mercado totalmente aberto e inexplorado com a implantação de uma ECONOMIA PARTICIPATIVA.

No ciclo anual conhecido como ANO FISCAL que coincidirá com o ANO CALENDÁRIO as criações serão pagas em MOEDA BITBEM (B$) ou em MOEDA REAL (R$) por quem as tenha. Seja de uma forma ou de outra forma, todos os documentos de troca – transações – irão vincular o pagador através de NIB para NIB ou de CNPJ para NIB ou, ainda de NIB para CNPJ incidindo sobre a transação os Impostos, as Contribuições ou as Taxas que houver.

As TRANSAÇÕES com a MOEDA BITBEM (B$) serão sempre virtuais haja vista que não existirá a MOEDA BITBEM (B$) em meio impresso. A não impressão desta moeda está diretamente vinculada ao projeto de ECONOMIA PARTICIPATIVA e atende à SEGURANÇA, à TITULARIDADE e à INTEGRALIDADE que ela se propõe. Tendo necessariamente que em todas as transações declarem QUEM PAGA e QUEM RECEBE, ou a ORIGEM e a APLICAÇÃO esta MOEDA BITBEM (B$) representará como meio de pagamento como se fosse um antigo cheque nominal ou um cheque administrativo com o benefício de ser transferido entre as contas automaticamente.

Esta atividade de trocas ocorrerá sempre através de TRANSAÇÕES ONLINE pode se utilizar de todo o sistema bancário ou de instituições de crédito já existente.

A ECONOMIA PARTICIPATIVA na sua criação não objetiva um espelhamento de uma outra sociedade e sim a instituição de uma BASE PRIMEIRA onde a sociedade se reconheça em sua totalidade. As interações criadas por uma economia totalmente desagregada das funções que deveria exercer que seria produzir pela soma de TERRA – TRABALHO – CAPITAL e TECNOLOGIA a Riqueza das Nações, que se transformou numa ideologia capitalista num processo de exploração de TERRA e de TRABALHO, usando inclusive, a TECNOLOGIA para apenas acumular sem qualquer limite o CAPITAL sem se importar com os danos causados a todos os acionistas/cidadãos de BRASIL S.A será recomposta numa visão PARTICIPATIVA.

Posso visualizar pelo modelo estudado que o FLUXO DE CRIAÇÃO irá produzir uma expansão geométrica na ECONOMIA PARTICIPATIVA com a geração de RENDA que anualmente irá demonstrar em resultados numéricos possíveis de contagem e de análise o aumento e dimensão da RIQUEZA DESTA NAÇÃO/EMPRESA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s