Funcionamento

Identidade:                       Todos os sócios acionistas tem uma identidade exclusiva do nascimento à morte.           

Equivalência:                    Igualdade de direitos e obrigações fiscais                            

Outras valorações:         Como todo Contrato Social seus sócios reconhecem os direitos e obrigações internas e externas e o princípio de todas as sociedades que é a solidariedade.     

                O NIB:   O NIB ( Número Identitário Brasileiro ) tem como objetivo permitir a inclusão e identificação de todo o brasileiro nascido com vida na sociedade BRASIL S.A. de forma exclusiva e identitária para, a partir dele, termos uma ideia exata, quantitiativa e qualitativamente de como a empresa BRASIL S.A. está formada, considerando sempre o HOJE, e não nos reportando a medições de ontem ou uma projeção de desejos de um amanhã.                              

                Este estudo pretende demonstrar por argumentos, a má fé, usada por uma conduta de exploração e subtração de bens comuns em uso e proveito próprio de grupos que dominando discursos e através de premiações mídias propagam uma ideia de que se você se esforçar tudo é possível, entretanto, para que isso fosse real ou para que isso seja real todo o modelo social precisa ser recomposto e todos os sócios tem que ser indentificados para receber direitos e ser responsabilizado pelas ações que toma para o bem da sociedade na qual todos e cada um tem igual parcela de direitos e obrigações.                   

                Considerando que a formação de qualquer sociedade tem uma data de início. Considerando, também, por exemplo que os sócios em casamento podem ter diferentes faixas etárias, diferentes experiência e até mesmo diferentes gêneros.                       

                Considerando que sócios, em sociedades civis ou comerciais ou industriais ou mistas, ou mesmo, em sociedades anônimas, tem diferentes naturalidades, diferentes faixas etárias, diferentes credos, cor ou gênero, a pactuação e o desejo em participar de um conjunto social torna TODOS como se fossem, apenas um indivíduo no conjunto sociedade, há que se considerar estas diferenças pessoais  como um valor social agregado e não como uma distinção que se faz entre: Quem come e quem não come. Quem tem abrigo e saúde e quem não tem. Quem tem educação e lazer e quem será privado destes benefícios que toda a sociedade compartilha por ser o objeto/razão de sua existência.                        

                Desta forma, o Patrimônio Pessoal havido em decorrência de Bens adquiridos através de trabalho, de prêmios especiais, será reconhecido e declarado e sofrerá tributação sobre Renda Acumulada. Por outro lado, todas as vantagens tidas e/ou obtidas a título de diferenciação de um sócio, para outro sócio, ou deste para todos os demais sócios em regras que não se aplicam a todos poderá ser declarada indevida e cessar o seu pagamento por parte da sociedade.                     

                Como em toda a sociedade, ninguém é obrigado a participar dela, entretanto, se participa, está vinculado em igualdade de condições a todos os demais participantes e a sociedade BRASIL S.A. tem  por fundamento que cada sócio tem uma cota de participação igualitária quanto a direitos e obrigações e proporcional à Faixa Etária em que se encontrem independentemente de gênero, naturalidade, crença, cor ou opção política ou mesmo ofícios ou valores agregados por experiência pessoal.                       

                Desta forma fica estabelecido que há e haverá em uso e circulação duas moedas que são paritárias durante a transição e repactuação social.                

                A MOEDA BEM é de uso nacional e reconhecido para todas as transações de consumo e de necessidades e estará sujeita a uma única tributação de equivalente a 10% do valor de TODAS AS TRANSAÇÕES com a finalidade de gestão do mercado e de garantias de ordem econômica e social.                  

                A MOEDA REAL é de uso nacional, também reconhecida para todas as transações de consumo com mercados do exterior e estará sujeita a uma tributação diferenciada que será classificada em razão DE PROPRIEDADE, DE TRANSFERÊNCIA DE BENS, DE CONSUMO, DE CAPITAL e DE COMÉRCIO EXTERIOR com a finalidade de gestão do mercado e de garantias de ordem econômica e social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s